‘Guerra híbrida é permanente e a Argentina pode estar sendo vítima’, diz Celso Amorim

Celso Amorim e Alberto Fernández

‘Guerra híbrida é permanente e a Argentina pode estar sendo vítima’, diz Celso Amorim

Alberto Fernández começa a sentir a pressão internacional e da imprensa, que incentivam protestos contra a gestão argentina. Celso Amorim alerta para um processo de fritura do governo, como aconteceu com Dilma. “Não vejo uma ameaça imediata, mas essa desestabilização vem aos poucos. Quem em 2013 poderia dizer que ia haver uma desestabilização?”. Assista na TV 247

247 – Com os repetidos protestos contra o presidente da Argentina, Alberto Fernández, o ex-ministro Celso Amorim alertou à TV 247 que o país vizinho pode estar sob influência de forças exteriores na chamada “guerra híbrida”, que se manifesta muitas vezes pela imprensa local e internacional, e já começa a queimar a imagem do governo argentino.

Leia mais em: https://www.brasil247.com/entrevistas/guerra-hibrida-e-permanente-e-a-argentina-pode-estar-sendo-vitima-diz-celso-amorim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s